Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

o fariseu

Querido Diário

28.11.15

tumblr_ny6lujc0pm1rz7tjto1_540.jpg

 

 

Os amigos têm bébés. E os bébés choram. E fazem barulho. E as pessoas não percebem o porquê.
E as coisas quando não se percebem o porquê fazem-me espécie.

Vai daí, meti-me nas botas chicco deles. Decidi imaginar como seria a vida com 35 anos mas com as capacidades motoras, metabólicas e fisiológicas de um bébé.

07:00 - Acordei. Onde é que eu estou? O que é isto? Tenho fome.
Vou desatar aos gritos.

07:15 - Comi uma gosma com sabor a maçã. Tou cheio de sono. Bolsei-me. Porra. Bom, vou dormir outra vez.

09:00 - Acho que me esborratei todo durante o sono. Tenho o fundo da cama pegado ao pijama. Sim. Estou a dançar lambada com as ancas. Alguém que venha limpar esta porcaria depressa! Vou desatar aos gritos.

11:00 - Fui ás finanças. Meteram-me num carrinho de mão e apertaram-me o buxo com um cinto. Mal sinto os quilhas. O passeio está cheio de buracos, parece que vou num cacilheiro bêbado. Bolsei outra vez.

12:00 - Há desconhecidos na rua a apertarem-me as bochechas. Metam-se na vossa vida pá, que nervos. Vou desatar aos gritos.

13:00 - O almoço foi gosma de laranja. Tentei abocanhar a colher várias vezes mas apenas consegui espalhar comida num raio de 300 metros.

14:00 - Cheio de sono, tenho de dormir uma sesta. Se alguém me acordar vai haver mocada.

15:00 - Mas que dores são estas na boca meu? Horror! Pânico! Estão a nascer-me dentes! Que mundo filho da puta este que me acorda a esventrar-me as gengivas!

16:00 - Fiz nas calças. Outra vez. Isto já me enerva.

17:00 - Vou para casa. Um velho na estação insistiu em pegar-me ao colo. Isto é tudo estranhíssimo.

18:00 - Não sei se foi da gosma de maçã ou do caneco mas estou com umas cólicas fulminantes. Ou me arranjam um Alkaseltezer ou rebento.

19:00 - Vou jantar gosma de limão. Esta porcaria sabe mal que se farta.

19:30 - Hora do banho. Ia morrendo afogado 3 vezes. Isto é horrível. Não fosse o pato de borracha a safar-me e já estava a fazer tijolo.

20:00 - Mijei-me todo a ver televisão. E não percebi nada.

21:00 - Alguém que me pegue, preciso arrotar porra! Depressa!

21:30 - Cheio de sono, vou-me deitar..

21:40 - Borrei-me todo outra vez. Epá olha que se lixe, já não quero saber.